Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Utopias Concretizaveis

Utopias Concretizáveis é um espaço em busca de um mundo melhor, através dos sentidos, sentimentos e pensamentos da autora, nas suas reflexões intimistas e, quiçá, inspiradoras, marcadamente politizadas.

Utopias Concretizaveis

Utopias Concretizáveis é um espaço em busca de um mundo melhor, através dos sentidos, sentimentos e pensamentos da autora, nas suas reflexões intimistas e, quiçá, inspiradoras, marcadamente politizadas.

02
Jan24

Sociedades (in)tolerantes

trans.jpeg. Se em metade do mundo das religiões a par do peso político autocrático a repressão se faz sentir, na outra metade, a metade dita liberal, em liberdade, democracia e respeito pelos direitos humanos, a intolerância faz parte das discussões quotidianas, nichadas, e residuais, porque os direitos da maioria anulam os direitos das minorias.....As sociedades ocidentais avançaram muito nas ultimas décadas, porém ainda restam elementos fortes de arrogância, intolerância e preconceito para com o outro....Parece haver uma polémica (às quais sou alheia por não ter filhos adolescentes) que é a chamada "ideologia de género" como sendo uma coisa má.....Ora desconheço o que propugne tal ideologia, se é que existe alguma ideologia no género. O que existem são factos verdadeiros e ciência. Um ser humano nasce ser humano, com um género atribuído: homem ou mulher. Isto é ciência. Porém, o ser humano pode identificar-se com o género oposto ao que nasceu (e não tem nada de mal com isso, deixem as pessoas em paz!!!!) ou pode não se identificar com nenhum dos géneros e considerar-se andrógeno. Ora, num tempo em que havia só uma casa de banho, fruto das precárias insfraestruturas, onde, algumas vezes, nos deparamos ainda com esse mesmo cenário (casas de banho para pessoas!!!) porque raio não há-de haver uma casa de banho para homem, uma casa de banho para mulher e uma casa de banho para quem quiser????!!! Bolas!!! Será que esta gentalha beata não tem mais do que fazer do que pregar os seus dogmas sujos e intolerantes para outras freguesias??!! Vão fazer o bem ao próximo!!! Coisa que se calhar não fazem!!.... Estas discussões a que estou alheia por motivos factuais irrita-me profundamente! Irrita-me a intolerância, a hipocrisia, a intromissão, a arrogância!!! Felizmente Portugal andou muito nos direitos sociais das minorias, mas não andou bem porque andou sem educar as pessoas para o respeito pela diferença, sem educar para dar apoio a estas causas, que não são nossas por uma questão meramente estatística, mas que deveriam ser porque o que é a causa de um deveria ser a causa de todos...O casamento homosexual normalizado passou a existir nestas sociedades, mas foram os lutadores destas causas que conseguiram fazer evoluir a sociedade. Não foram, infelizmente, as pessoas, que normalmente afirmam "isso é lá com eles"...Não é...Não deve ser. Se a violência doméstica passou a crime público não foi porque "isso era lá com eles"....foi porque se considerou a necessidade de haver uma censura social reprovatória tão forte que a relação abusiva de um casal passasse a sair da esfera privada e tomasse a esfera publica enquanto causa colectiva....Então porque raio uma criança, que não se sente homem nem mulher não pode ter uma casa de banho para si, tendo já um terrível sofrimento por não se encontrar padronizada nos espartilhos sociais?? Acaso estas pessoas que bolçam estas opiniões fazem a mínima ideia do estima e do sofrimento emocional por que passam estas pessoas? Estes seres humanos?? É isto que os "católicos" acham que é fazer o bem ao próximo??? Não há ideologia de género. Há pessoas estúpidas e pessoas racionais e sensíveis. As minorias sofrem demasiado e há demasiado tempo com estigmas sociais. Era tempo de acabar com tudo isso...Só assim se consegue um mundo melhor, pois só assim somos todos mais humanos..

22 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D